ESCRITÓRIO LISBOA

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Âmbito:
Espaço de tipologia industrial, pretende alterar a estrutura destinada a um restaurante para um escritório com atendimento ao pÚblico e intensa utilização por parte dos colaboradores. Tem montras de grandes dimensões, com relação direta com a via pública de forte tráfego pedonal, ocupando a dimensão total do edifício, que permite uma forte exposição comercial. O interior composto por dois pisos apresenta grande desajuste na forma entre possíveis compartimentos e necessidades de circulação de serviço e segurança.

Programa:
A proposta vem unificar e interligar os vários compartimentos, a partir de um núcleo central para onde são expostos todos os acessos e onde será zona de trabalho livre, preparada para a utilização de 40 pessoas em simultâneo. Os gabinetes que envolvem este espaço terão relação visual entre si mas é garantido o isolamento acústico permitindo o conforto e privacidade com o cliente. Está previsto espaços diferenciados para funções que requerem necessidades e ambientes destintos: espaço em open space, para grande grupo de trabalho, com dinâmica própria apresenta grande da atividade laboral; salas de reunião, expostas mas devidamente adequadas à privacidade do cliente, nunca estando em primeiro plano na observação global do espaço; gabinetes de trabalho individual, com exposição direta para o espaço central, localizados no piso superior assumem o papel preponderante; a copa e instalações sanitárias servem os utilizadores, dotados de condições para pessoas com mobilidade reduzida.

Materiais:
A referência predominante será os materiais que definem a composição dos vãos exteriores, em pedra original da construção e a volumetria do espaço interior. Os revestimentos utilizados pretendem fazer a ligação com o ambiente industrial, através da utilização de materiais neutros, resistentes e de fácil limpeza, e também a utilização de matérias que imponham conforto, como a madeira. A utilização do vidro, necessária para a relação visual entre os espaços de trabalho foi sujeita ao controlo de excessivos reflexos ou demasiados materiais neutros. Será a iluminação com a madeira que estabelece o equilíbrio entre texturas e cores através da utilização de sancas de iluminação o ambiente torna-se suave, com luz indireta a destacar as superfícies de parede, a definirem os limites do espaço e a iluminar objetos e elementos artísticos.

Execução: BRICKTAILORS | Projeto: BRICKTAILORS (Arq. João Carrasco)

ANO LOCAL TIPO
2018 Lisboa Comércio e Serviços

Solicite o nosso contato e descubra porque somos os alfaiates do tijolo! Com projetos à sua medida, serviços especializados, experiência e uma equipa dedicada.

    PROJETOS RELACIONADOS

    BRICKTAILORS

    BRICKTAILORS

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

    Bem vindo à BRICKTAILORS. Pretende construir a sua nova casa, reabilitar ou criar o seu novo espaço de negócios? Como podemos ajudar?
    Enviar via Whatsapp.